Card image

Dicas PET

Card image

7 Dicas para Viajar com seu Animal de Estimação

09/01/2019

Sempre que pensamos em viajar, começamos a nos planejar: Para onde? Como chegar ao destino? Datas? O que levar? e assim, aproveitar ao máximo os dias fora de casa. Mas se o seu companheiro de viagem inclui o seu melhor amigo de quatro patas selecionamos 7 dicas para vocês terem uma ótima viagem juntos.

 

  1. PLANEJAR, SEMPRE: SERÁ UM VIAGEM QUE MEU ANIMAL TAMBÉM IRÁ APROVEITAR?

 

Para evitar ao máximo imprevistos tudo começa com as seguintes perguntas: Meu cachorro/gato está saudável para uma viagem? Ele poderá me acompanhar no meio de transporte escolhido? Quais os cuidados devo ter para escolher o local da estada? Aceitam animais, quais as normas? Mesmo em casas de amigos ou família, é sempre importante saber se o seu pet será bem-vindo.

 

  1. VISITA ANTECIPADA AO MÉDICO VETERINÁRIO: ATESTADO DE SAÚDE

 

Após confirmar a sua viagem, marque uma consulta de rotina com o médico veterinário de sua confiança. Assim ele poderá realizar os exames necessários para atestar a saúde do seu animal, também conhecido como guia de trânsito, e também verificar se ele está apto para poder viajar. Independente do seu destino, é importante ter em mãos o atestado de sanidade do seu animal e o ideal é que seja emitido até 10 dias antes da viagem.

 

  1. VACINAS E VERMÍFUGOS: DEVEM ESTAR ATUALIZADOS

 

Além do atestado, é importante levar na viagem a carteira de vacinação, a qual deve estar atualizada tanto para as vacinas polivalentes e principalmente a antirrábica. Os vermífugos também devem estar atualizados, principalmente por ser um novo ambiente e assim o animal fica exposto a cargas diferentes de parasitas do que está acostumado.

 

  1. PARA AONDE VOU?

 

Algumas doenças são mais frequentes em determinada regiões, como por exemplo, leishmaniose e verme do coração, sendo importante que ao definir o seu destino consultar um médico veterinário para poder utilizar o melhor método de prevenção contra essas doenças endêmicas. E não se esqueça de aplicar sempre antes de viajar um bom produto contra pulgas e carrapatos.

 

  1. COMO NÓS VAMOS: CARRO, ÔNIBUS OU AVIÃO?

 

Após definir o meio de transporte para a viagem, verifique qual a forma mais confortável do seu animal viajar. Em carros você pode escolher maneiras diferentes para deixar o seu animal seguro. Para ônibus e avião verifique as normas da empresa que irá viajar. Você pode consultar no próprio site da companhia área, por exemplo, você irá encontrar informações como quais as raças permitidas, documentos necessários e tamanho da caixa de transporte.



  1. O QUE LEVAR NA MALA DO SEU PET?

 

Não esqueça de levar algo que o animal esteja acostumado, como por exemplo, seu cobertor ou brinquedos. Verifique com o médico veterinário se seria interessante levar algum medicamento específico, por exemplo, até mesmo antes da viagem para deixa-lo mais calmo. A viagem muitas vezes é uma situação de estresse para o animal, o uso de suplementos que auxiliem a imunidade também é recomendado, sabe-se que os simbióticos (prebióticos e probióticos) são ótimos imunomoduladores que podem ser realizados nesses casos.  

 

  1. IMPREVISTOS ACONTECEM. E SE EU NÃO PUDER LEVAR MEU ANIMAL?


E caso você tenha se programado anteriormente, e mesmo assim não puder levar seu animal, fique tranquilo! Verifique em sua cidade locais agradáveis para hospedá-lo, hoje os hotéis para animais têm se especializado cada vez mais, alguns são como um ‘resort’ para o seu pet. E caso prefira que ele fique em casa, existe também a opção de profissionais especializados que podem cuidar dele durante a sua ausência.

Compartilhe

Sobre o autor

Fabiane Sabino

Médica Veterinária - Mestre em Biotecnologia Animal